Segunda-feira, 30 de Abril de 2007

Entrevista com João Lagos

 

Ontem tive a oportunidade de fazer algumas perguntas a João Lagos, o director do torneio e o homem que instituiu o Estoril Open em 1990.

 

Comecei por perguntar o que tinha achado do jogo que presenciara momentos antes, no Court Central, entre Pedro Sousa e o russo Kunitsyn. Apesar da derrota do jovem Sousa, convidado por João Lagos para fazer a sua estreia como profissional em 2007 na primeira grelha do torneio, para Lagos, este é só o início da estrada. O director do torneio está também optimista em relação à recuperação do russo Davydenko de uma lesão sofrida na semana passada, a tempo da sua estreia amanhã no torneio.

 


Pedro Neves: O que achou do desempenho de Pedro Sousa agora mesmo no Court Central?

 

João Lagos: Foi um desempenho de estreante, que não teve a oportunidade de pôr à vista todo o seu potencial, mas que nem por isso o deixa de ter. O Pedro sofreu algumas lesões ultimamente, o que porventura tornou mais difícil a vitória.

 

P: Em que sentido é importante para si a aposta em jovens talentos como Sousa, através dos "wild cards"?

 

JL: É indispensável. Fazemos tudo ao nosso alcance para ajudar estes jovens atletas a iniciarem a sua carreira. O convite para o Estoril Open pode ser um factor de motivação. Da nossa parte, serve para mostrar que acreditamos no seu potencial e a nossa vontade de dar-lhes confiança no futuro das suas carreiras.

 

P: Quais são as suas expectativas para esta edição do Estoril Open?

 

JL: O meu objectivo é levar até ao fim mais um grande torneio, que este ano está na sua 18ª edição. Atinge, portanto, a sua maturidade, à semelhança do que acontece com um filho. É também um pouco assim que penso nele. Não é por coincidência que temos este ano quatro  dos melhores jogadores a nível mundial no torneio masculino simples.

 

P: Uma das figuras de cartaz deste ano, o russo Nikolay Davydenko, lesionou-se no Open de Barcelona e parece estar em dúvida. Está a acompanhar a situação?

 

JL: Tudo indica que a lesão que sofreu é recuperável até à hora do jogo dele, na terça-feira. Este tipo de lesões são normais em ténis, sendo que em 2006 Davydenko iniciou a sua participação no torneio com lesões muito piores. Espero de qualquer modo que recupere a tempo.

 

P: O organizador tem ou pode ter favoritos?

 

JL. O organizador é uma pessoa normalíssima, igual aos outros, que portanto, tem os seus favoritos. Não quer dizer que os divulgue... Mas como director do torneio, encaro essa questão de duas maneiras: gostava que vencesse o jogador melhor posicionado no ranking, com tudo o que isso significa para o prestígio do torneio. É sempre bom ter um campeão que é uma figura consagrada, e que vê o seu perfil aumentado graças à participação no Open. Por outro lado, seria igualmente bom que ganhasse um jogador mais desconhecido, no início da sua carreira, e que encontra no Estoril Open uma oportunidade para mostrar ao mundo o seu potencial.

 

P: Quanto às notícias que colocam em dúvida a futura realização do torneio no complexo desportivo do Jamor, o que pode adiantar?

 

JL: O torneio cresceu muito em 18 edições. O espaço não. Gostava de voltar a realizar o torneio aqui, mas não depende só do tamanho do sapato. Também depende da sapataria.

 

P: Até que ponto gostava de ver um português vencer o Estoril Open? (pergunta desnecessária, eu sei)

 

JL: Podia morrer logo a seguir. (risos)

 

 

Publicado por Pedro às 12:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
1 comentário:
De A Chaves a 30 de Abril de 2007 às 23:39
Boa entrevista, continua ...

Comentar post

Blog oficial do SAPO
Espectador oficial do Estoril Open'07
28 de Abril a 6 de Maio 2007


Contribua para este blog com as suas fotografias, vídeos e histórias, através do e-mail estorilopen07@sapo.pt. E ainda, ganhe bilhetes duplos para a 18ª edição do Estoril Open.

Posts recentes

O SAPO na terra batida do...

Leilão de raquetes

A última ronda pelas notí...

O campeão que (não) veio ...

O dia da final em imagens...

Resultados da 18ª edição ...

O meu lugar na final

O dia da final em imagens...

Ainda não acabou

Djokovic campeão do Estor...

Arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Tags

1º dia

ambiente

antevisão

atmosfera

babes

blogs

cabeças-de-série

chuva

curiosidades

entrevista

estoril open

final

imagem do dia

jogo do dia

logística

notícias

organização

portugueses

resultados

resumo

sapo

social

televisão

ténis

transportes

vips

visita guiada

todas as tags

Pesquisar

 
badge
blogs SAPO

subscrever feeds

Fundo: Fotografia de José Bóia do Estoril Open'06.